A Bíblia contém o ideal de autogoverno pessoal, familiar e social.

Este ideal foi bem explicado por Maritain, no livro “Le paysan de la Garonne” (“O camponês do rio Garonne”, Ed. Desclée, 1996), no capítulo III, “O mundo e seus contrastes”.

Maritain explica que Deus criou o universo para que este fosse co-governado pelas pessoas, que devem controlar as próprias vidas (autonomia humana) e a natureza, junto com Deus. Nesta obra da velhice, escrita em 1966, perto da morte, Maritain elogia, na página 41, Saul Alinsky, pensador democrático dos EUA, tal como Eduardo Frei e outros.

Saul Alinsky trabalhou com várias estrelas da democracia, nos EUA, para a defesa dos direitos dos pobres. Trabalhou por uma Democracia popular avançada, na mesma linha que queria Alceu. 

Comentários estão fechados.

Pular para a barra de ferramentas