Arquivos para : Jungle

A Democracia é de essência evangélica, tem pleno amparo na ética da religião cristã-judaica

Bergson ensinava, em seu livro sobre as duas fontes da ética, que “a democracia é de essência evangélica e tem por motor o amor” (buscar o bem de todos).

Este ponto foi destacado por Maritain, Bernanos, Mounier, Jean Lacroix, De Gaulle, Alceu e outros.

Há lições parecidas e análogas nos livros de Arnold Toynbee (“a democracia é uma página rasgada do Evangelho”), Glenn Tinder (ver “O significado político do cristianismo”, Lousiana University, 1989), Dag Hammarskjöld, Miguel de Unamuno, François Mauriac, Graham Greene, o grande Cronin, Fabbri, Rilke, Sigrid Undset (1882-1949, norueguesa, democrata e católica), Valverdi, D´Amico, Böll, Claudel, Gertrud von Le Fort (n. 1876), Marcel, Péguy, Thomson, Tecchi, Giuseppe Ungaretti, Weil, Busset, Frossard, Mario Pomilio, Quoist, Robinson, Senghor, Ulivi, Testori, Julien Green (1900-1998), Shusaku, Alfred Döblin, Jean Guitton, Bruce Marshall, Montherlant, D´Ormesson, Parazzoli, Muggeridge, Jean Delumeau e outros.

O apreço de Jung pela religião também tem basicamente o mesmo fundamento. 

Comer animais nunca é algo bom. O melhor é beber leite, comer ovos, legumes etc

O livro de Jonathan Safran Foer, “Comer animais” (Rio, Ed. Rocco, 2011) é excelente. Mostra como o capitalismo tem um fundo sangrento e diabólico, no modo como cria e mata os animais, para a indústria de carne.

O grande escritor socialista democrático, Upton Sinclair, em 1906, escreveu “A selva” (“The jungle”), descrevendo o horror da indústria de carne, dos frigoríficos, em Chicago. Upton Sinclair foi um dos maiores socialistas do mundo. Escrevia oito mil palavras por dia, defendo os interesses dos mais fracos, dos explorados. 

— Updated: 21/09/2019 — Total visits: 60,853 — Last 24 hours: 72 — On-line: 0
Pular para a barra de ferramentas