Leão XIII, na “Quod auctoritate” (22.12.1885), destacou que os Estados são “obra dos homens” e que devem ser construídos como “a imagem exata de suas opiniões e costumes”:

Com efeito, o Estado é constituído de acordo com os costumes dos povos”;

“e como a excelência dos navios e dos edifícios depende da boa qualidade e da justa colocação de cada uma das partes, da mesma forma, o curso da coisa pública não pode ser nem justo nem sem dano se os cidadãos não andarem no caminho reto da vida”.

“A própria disciplina civil e todas as coisas que constituem a ação da vida pública surgem e perecem somente por obra dos homens; por isso, eles costumam atribuir às coisas a imagem exata de suas opiniões e costumes”.

Comentários estão fechados.

— Updated: 13/02/2020 — Total visits: 63,609 — Last 24 hours: 24 — On-line: 0
Pular para a barra de ferramentas