Alceu Amoroso Lima, na revista “A Ordem”, em janeiro de 1936, pp. 62-79, reconhece que a teoria-tese de Marx, sobre a mais valia, tinha elementos verdadeiros, tendo mesmo apontado o vício (defeito) principal do capitalismo. 

Disse Alceu – “Essa tese, a meu ver, é a mais forte e a mais fundamentada de todo socialismo. Há nela muito de verdade, e a correção de um regime econômico que permite uma usurpação parcial do lucro por uma, apenas, das partes em jogo, impõe-se. Daí a necessidade real de uma reforma social que atenda a uma distribuição mais justa dos valores e impeça, quanto possível, as usurpações indébitas.”.

Há basicamente a mesma ideia no livro de Afrânio Coutinho, “Humanismo Integral Cristão”. Este ponto eu tentarei desenvolver em outras postagens. 

Comentários estão fechados.

— Updated: 13/02/2020 — Total visits: 63,652 — Last 24 hours: 27 — On-line: 1
Pular para a barra de ferramentas