Colhi isso no site da BBC do Brasil, num artigo sobre Walter Gropius e a Bauhaus – “Não há uma diferença essencial entre o artista e o artesão”, disse ele. Seus pupilos aprendiam cerâmica, gravuras, confecção de livros e carpintaria. Eles estudaram tipografia e publicidade. Eles foram ao básico e começaram do zero com um olhar novo.

“Um objeto é definido por sua natureza”, anunciou Gropius. “Para criá-lo de maneira que ele funcione direito, deve cumprir sua função de uma maneira prática”.

Daí, móveis e ambientes simples e úteis. Algo que Ruskin apreciaria, acho. 

Comentários estão fechados.

— Updated: 13/02/2020 — Total visits: 63,673 — Last 24 hours: 33 — On-line: 0
Pular para a barra de ferramentas