Bancada ruralista agrotóxica venenosa quer envenenar mais ainda os pobres, os trabalhadores

Golpe chega ao seu prato de comida

 
O momento é grave.

Após mais de um ano sem se reunir, a Comissão Especial sobre o PL6299/2002 convocou reunião para amanhã (25/04). A pauta tem ponto único: Discussão e votação do parecer do relator, Deputado ruralista Luiz Nishimori (PR/PR). Apesar de não sabermos o conteúdo do relatório, já sabemos que será favorável à destruição da atual lei de agrotóxicos. Além disso, com maioria ruralista, a Comissão deve aprovar o relatório com folga.

Há mais de um ano, a Campanha, em conjunto com várias outras organizações, lançou a plataforma #ChegaDeAgrotóxicos. O objetivo deste movimento era justamente denunciar as perversidades do chamado Pacote do Veneno. Lembramos aqui apenas algumas delas:

Se o Pacote do Veneno for aprovado…

1- “agrotóxico” passa a se chamar “defensivo fitossanitário”, na tentativa de mascarar/encobrir a nocividade amplamente conhecida destas substâncias;
2- a avaliação de novos agrotóxicos deixa de considerar os impactos à saúde e ao meio ambiente, e fica sujeita apenas ao Ministério da Agricultura e aos interesses econômicos do agronegócio;
3- será admitida a possibilidade de registro de substâncias comprovadamente cancerígenas! E serão estabelecidos níveis aceitáveis para isto, embora não exista níveis seguros para substâncias que se demonstrem cancerígenas;
4- a regulação específica sobre propaganda de agrotóxicos irá acabar;
5- será permitida a venda de alguns agrotóxicos sem receituário agronômico e de forma preventiva, favorecendo ainda mais o uso indiscriminado;
6- estados e municípios ficarão impedidos de terem regulações mais restritivas, embora estas esferas tenham o dever proteger seu patrimônio natural.

Deputados e deputadas que querem liberar de vez a farra de venenos no Brasil: as eleições estão chegando. Estamos de olho!

Comentários estão fechados.

— Updated: 19/09/2018 — Total visits: 35,519 — Last 24 hours: 108 — On-line: 0
Pular para a barra de ferramentas