Arquivos para : recebeu a Unção dos Enfermos. Também pediu para ser enterrado com um Crucifixo. A Igreja permitiu orações públicas por sua alma.

Gabriel d´Annunzio morreu reconciliado com a Igreja, como Voltaire

O poeta Gabriel d’Annunzio (1863-1938) foi um poeta e político italiano. Foi deputado federal na Itália, atuando no campo da esquerda, meio socialista. Lutou pelo ingresso da Itália, na Primeira Guerra, ao lado dos Aliados.

Mesmo no seu Estado de Fiume, o Estado tinha tinturas socialistas.

D´Annunzio cometeu graves erros políticos, se aproximando do fascismo, mas não era fascista, sendo inclusive mesmo algo socializante.

Quando D´Annunzio morreu, em 1938, o Vaticano, pelo jornal “Osservatore Romano”, publicou um artigo tratando sobre este poeta.

Roma criticou os erros dos livros de D´Annunzio.

Este, antes de morrer, recebeu a Unção dos Enfermos. Também pediu para ser enterrado com um Crucifixo. A Igreja permitiu orações públicas por sua alma. 

Pular para a barra de ferramentas