Agatha Vitória Félix, uma garotinha negra linda, assassinada pela política genocida de Witzel e dos bozos

247 – Rene Silva, editor-chefe do Voz da Comunidade, confirmou na manhã deste sábado (21) que a menina Agatha Vitória Felix, 8 anos, não resistiu ao disparo feito por um policial da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Fazendinha, no Rio de Janeiro, e morreu.

“NÃO PODEMOS ADMITIR QUE ISSO SEJA NORMAL, GENTE! CHEGAAAAAAAA!!!”, desabafou Rene.

Mais uma vítima da necropolítica”, escreveu a deputada federal Talíria Perone (PSOL-RJ), referindo-se sobre a gestão genocida de do governador Wilson Witzel.

“Até quando governador?”, pergunta a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ).

Agatha estava dentro de uma kombi quando foi atingida na noite desta sexta-feira (20). Ela foi socorrida e encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Complexo do Alemão, mas não resistiu.

Conheça a TV 247

Comentários estão fechados.

Pular para a barra de ferramentas