Pio XII reconheceu que cabe ao Estado organizar (ordenar) a economia, a vida econômica

Pio XII ensinou claramente que o povo, pelo Estado, deve dirigir a economia.

Vejamos trechos do Discurso de 7 de março de 1957 ao VII Congresso da União Cristã dos Chefes de Empresas e Dirigentes da Itália — UCID — “Discorsi e Radiomessaggi”, n.º XIX, pag. 30): 

Cabe ao “povo” “a tarefa própria, se bem que parcial, de ordenar a economia futura. Este “encargo” deve ser feito pelo Estado e também por micro e pequenas empresas. 

Acrescentou: “sem dúvida alguma, segundo a doutrina social da Igreja, o Estado tem seu papel próprio na ordenação da vida social. Para desempenhar esse papel, deve mesmo ser forte e ter autoridade”, mas não deve reger tudo, e sim parte da economia. Economia mista. 

Comentários estão fechados.

Pular para a barra de ferramentas