Jean Luc Mélenchon, do França Insubmissa, presta solidariedade a esquerda do Brasil

Do 247 – Líder esquerdista do movimento francês França Insubmissa, Jean-Luc Mélenchon, citou a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em um discurso e afirmou que ele foi vítima de “golpe judicial” por meio da Operação Lava Jato;  Ele também chamou Lula de “camarada” e pediu que ele aguente firme a pressão a que vem sendo submetido; “Nossa corrente, que se diz derrotada e perdida, foi golpeada duramente, especialmente na América Latina, onde você está vendo agora um golpe judicial contra Lula”, afirmou Mélenchon; “Quando eles não conseguem eliminar um candidato, eles botam na cadeia”, completou”. 

Comentários estão fechados.

Pular para a barra de ferramentas