O livro “Réquiem para o sonho americano” (Rio, Ed. Bertrand, 2017), de Noam Chomsky, mostra bem o resumo do que deve ser uma boa economia mista.

Chomsky critica os erros do neoliberalismo. Resume os erros em dez princípios (regras extensas) maléficos, que são a essência do neoliberalismo, da ideologia do capitalismo liberal. 

No fundo, Chomsky defende uma economia mista saudável.

Com os melhores textos de Adam Smith, o velho Noam defende as pequenas empresas familiares, os pequenos negócios familiares, que devem ser combinados com extensa infraestrutura pública, Estado social, estatais, instituições públicas, altos tributos para redistribuir as rendas e os bens etc. 

Para resumir tudo em poucas palavras claras, Chomsky ataca a concentração de bens, poder e conhecimento em poucas mãos, e quer a difusão dos bens, do poder e do conhecimento. É basicamente como eu penso. 

Comentários estão fechados.

Pular para a barra de ferramentas