A morte da horrenda revista suja Veja, pela falta de leitores. Ninguém confia em mentirosos golpistas

Colhi no 247 – “O jornalista Luis Nassif relata as agruras financeiras da Editora Abril: nem mesmo a renegociação das dívidas e a troca do prédio na Marginal Pinheiros para um edifício mais modesto no Morumbi; de acordo com o jornalista, a editora precisou recorrer a um empréstimo para pagar os funcionários e a tiragem da revista Veja, carro-chefe da Abril, caiu de 1,2 milhões para menos de 500 mil exemplares vendidos”. 

Comentários estão fechados.

Pular para a barra de ferramentas