Doutrina da Igreja é tolerante, respeita diferenças, respeita a liberdade humana

Leão XIII, na “Libertas”, ensinou que Deus, a Providência, sempre opera em prol do bem geral (comum) e que “no governo dos Estados convém [à autoridade] imitar Aquele que governa o mundo”, inclusive na “tolerância” de “certas coisas contrárias à verdade e à justiça, a fim de evitar um mal maior ou obter e conservar um maior bem”.

Alceu usava estes textos para destacar o mal da censura prévia, que poda os diálogos e as discussões, que são as fontes das idéias verdadeiras.

Comentários estão fechados.

Pular para a barra de ferramentas