Arquivos para : armazéns

Pontos para uma boa agricultura, uma reforma agrária campesina

João Pedro Stédile e Frei Sérgio Gorgen escreveram o livrinho “A luta pela terrra no Brasil” (São Paulo, Ed. Página Aberta, 1993), onde, na pág. 44, listam alguns elementos: terra acessível e sob controle de plano público, crédito rural acessível, seguro agrícola contra intempéries, política de preços que assegure renda básica a cada agricultor, com progresso econômico social, e assistência técnica adequada. 

São alguns elementos, junto com educação, cooperativismo, eletrificação, energia solar, água, logística, armazéns públicos, industrialização local, endógena, sementes, tratores, defensivos, agricultura orgânica etc. 

CONAB deveria ser ampliada drasticamente

Ricardo Boechat, na coluna, alerta para “Olho vivo”, pois “Depois que assumiu o Ministério da Agricultura, Blairo Maggi (na foto) falou mais de uma vez em vender vários dos 92 armazéns da Companhia Nacional de Abastecimento. A desestatização é vista com desconfiança. Primeiro, porque algumas unidades estão em locais bem valorizados, em termos imobiliários. Além disso, os galpões da Conab servem de contraponto ao preço cobrado pelo setor privado, para guarda da produção do agricultor”.

A CONAB deveria era ser AMPLIADA, para ter MILHARES de Armazéns de estoque. Assegurando o direito dos agricultores de venderem suas produções por um preço mínimo bom e lucrativo para os agricultores. O Desmonte do Estado, via neoliberais e golpistas de temer, é um atraso, uma mácula.

Pular para a barra de ferramentas