Arquivos para : A prioridade da jornada de SEIS horas, com estabilidade no emprego, só podendo ser demitido com justa causa, como recomenda a OIT

A importância fundamental da redução da jornada de trabalho

O velho Marx tinha razão quando dizia que o capitalista extrai o máximo de mais valia usando três métodos preferidos:

1) prolongando a jornada de trabalho (para aumentar a mais valia absoluta);

2) aumentando a produtividade; e

3) aumentando a intensidade do trabalho. 

A produtividade é mais complicada, pois cada nova máquina, em geral, gasta mais de cinco anos para difundir-se, talvez até dez anos.

É essencial que os trabalhadores lutem por uma jornada de seis horas corridas, em cinco dias, totalizando 30 horas por semana, para depois reduzir para 25 horas, ou algo assim.

Da mesma forma, a produtividade deve ser repassada aos trabalhadores, na forma de aumentos.

Quanto à intensidade, a cadência do trabalho deve ser pausada, reduzida, para não destruir a energia da força de trabalho. 

 

O povo quer um grande Estado que lhe dê educação, saúde, bens, renda, paz, dignidade

Resultado de imagem para charges políticas

Grande Juiz, Dr. Leonardo da Costa Couceira, corajoso e ético

Do 247, “O juiz Leonardo da Costa Couceira, da 4ª Vara Federal de Niterói (RJ), negou um pedido de reconsideração da Advocacia-Geral da União (AGU) para que ele revisse a decisão em que suspendeu a posse da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) como ministra do Trabalho; com a decisão, o governo Temer sofre a quarta derrota na Justiça para tentar empossar uma ministra do Trabalho que não cumpre as leis trabalhistas”. 

— Updated: 22/07/2018 — Total visits: 30,849 — Last 24 hours: 32 — On-line: 0
Pular para a barra de ferramentas