O horrível presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (4), pelo Twitter, que o Brasil gasta muito com educação. “Brasil gasta mais em educação em relação ao PIB que a média de países desenvolvidos”, publicou.

No post, o presidente fez uma comparação com o valor de R$ 30 bilhões investidos pelo Ministério da Educação (MEC) em 2003 e os R$ 130 bilhões aplicados no setor em 2016.

A frase é das mais BURRAS que já ouvi.

A única coisa correta é o elogio a Lula e a Dilma, que aumentaram os gastos estatais com educação, de 30 e poucos bilhões para cerca de 130 bilhões anuais.

O correto seria o Estado gastar não apenas 6% do PIB, e sim uns 20% do PIB. 

A maluquice de Bolso é tamanha que ele, em seguida, se refuta, ressaltando “a posição do país no Programa Internacional de Avaliação de Alunos (PISA). No ranking divulgado em 2016, o Brasil ficou na 66ª posição em matemática, 63ª em ciências e 59ª em leitura”.

Um total de 70 países foram analisados. O Brasil apresentou queda de pontuação nas três áreas.

Logo, a solução está no AUMENTO da verba para EDUCAÇÃO, principalmente aumentar os GASTOS com CRECHE, PRÉ ESCOLA, EDUCAÇÃO BÁSICA-FUNDAMENTAL, EDUCAÇÃO MÉDIA, EDUCAÇÃO PROFISSIONALIZANTE e AUMENTAR TAMBÉM OS GASTOS com EDUCAÇÃO SUPERIOR, inclusive cursos de PÓS, ESTÁGIOS e CURSOS DE APERFEIÇOAMENTO. 

Comentários estão fechados.

— Updated: 22/03/2019 — Total visits: 47,112 — Last 24 hours: 73 — On-line: 0
Pular para a barra de ferramentas