Os programas dos Partidos Socialistas democráticos, da Internacional Socialista, especialmente a Declaração de Frankfurt, de 1951; e a declaração “O mundo de hoje. Perspectivas socialistas” (1962) têm um conteúdo praticamente igual aos das encíclicas de João XXIII e Paulo VI.

No fundo, é a mesma base de economia mista, dos melhores textos de Léon Blum, no teórico trabalhista C. Crosland, J. Strachey, Karl Renner, P. Sering e outros.

A mesma base do “oportunismo”, do “solidarismo” francês, do socialismo de cátedra, do socialismo católico, do “reformismo”, do trabalhismo etc.

O mesmo para E. Bernstein, mas também nos últimos textos de Karl Kautsky. Idem para Hilferding, Otto Bauer e outros.

Há também ideias parecidas em obras como “A democracia econômica” (1930), de W. Ulbrichet.

Comentários estão fechados.

— Updated: 09/12/2018 — Total visits: 42,357 — Last 24 hours: 35 — On-line: 0
Pular para a barra de ferramentas