China revida, golpe a golpe, guerra econômica dos EUA. Livre cambismo dos EUA é a base do imperialismo

247, com Sputnik e Resistência -No dia 6 de julho, a China vai impor tarifas aduaneiras de US$ 34 bilhões (R$ 132 bilhões) sobre os produtos importados dos EUA, comunicou a agência Reuters, citando suas fontes em Pequim.

“Nossas medidas são iguais, o que significa que, se os EUA começarem [a impor tarifas] no dia 6 de julho, vamos começar em 6 de julho”, afirmou a fonte à Reuters, pedindo anonimato, acrescentando que “a implementação das medidas se iniciará à meia noite”.

O passo de Pequim se segue à decisão do presidente norte-americano, Donald Trump, de introduzir em 6 de julho tarifas aduaneiras de US$ 34 bilhões (R$ 132 bilhões) sobre os produtos provenientes da China.

Embora o passo da Pequim seja uma ação de resposta, a China anunciará as medidas mais cedo devido à diferença de 12 horas nos fusos horários entre a China e os EUA.

Washington anunciou no dia 15 de junho a decisão de introduzir tarifas adicionais de 25% sobre 818 produtos da China no valor total de US$ 34 bilhões (R$ 132 bilhões). Em resposta, Pequim afirmou que iria tomar medidas de retaliação contra produtos agrícolas e automóveis importados dos EUA.

Comentários estão fechados.

— Updated: 13/02/2020 — Total visits: 64,765 — Last 24 hours: 24 — On-line: 1
Pular para a barra de ferramentas