Desgoverno temer pune o trabalhador até por ajuizar ação trabalhista para obter indenização

Do 247 – “O número de ações trabalhistas pendentes de julgamento despencou após seis meses de reforma trabalhista;

até maio deste ano, as varas de todo o país tinham 1,5 milhão de ações à espera de julgamento; no fim de 2017, eram 1,8 milhão;

a nova lei passou a exigir, que, em caso de derrota, o trabalhador pague honorários de sucumbência para o advogado da empresa ou honorários periciais, o que explica a redução de ações”

Comentários estão fechados.

— Updated: 13/02/2020 — Total visits: 64,941 — Last 24 hours: 25 — On-line: 0
Pular para a barra de ferramentas