Síntese dos ideais da Igreja, em prol de extenso Estado social dos trabalhadores

O ideal do distributismo é o ideal da destinação universal dos bens. 

Exige um Estado de bem estar social amplo, com investimentos e gastos públicos para garantia e atendimento dos direitos sociais atuais e de novos, com estatais participativas, tributos redistributivos, que tirem o supérfluo dos ultra ricos e ricos, que implante a igualdade social etc.

Um Estado amplo, controlado pelo povo organizado, com ampla participação social nos processos decisórios, com várias formas de gestão e planejamento participativo. Um Estado transparente, ético, servidor do povo, sempre sob o controle de todas as pessoas.

Comentários estão fechados.

— Updated: 15/10/2018 — Total visits: 38,180 — Last 24 hours: 113 — On-line: 0
Pular para a barra de ferramentas