O ideal da Parusia é o ideal de uma República democrática, popular, movida pelo Diálogo, eternamente

Pio XII, João XXIII e o Vaticano II (GS 26,1; GS 74,1) explicaram que “o bem comum” é “o conjunto” das “condições de vida social” que possibilitem “a perfeição” (atualização do potencial) de cada pessoa.

O bem geral (comum, universal) é, assim, o conjunto das condições suficientes e necessárias para a realização de cada vida, pois cada pessoa é importante e insubstituível.

O Estado deve ser amplo e social, para promover a vida plena, simples, abundante, de todos. 

O ideal do bem comum é a meta da “vida” simples, plena e abundante “de todos”, de cada pessoa e para todos.

É o ideal da parusia, do universo renovado, controlado e humanizado, como habitat de novos seres, que não morrem mais.

O ideal de um novo Éden, renovado e ampliado.

O universo tem como destino tornar-se um Paraíso, um lugar sob o controle consciente das pessoas, unidas numa comunhão mística, onde todos sejam “um” (fraternidade ampliada), vivendo imersos no Amor, com prazer, felicidade, paz, aumento da ciência, crescimento nas virtudes etc.

Comentários estão fechados.

— Updated: 13/02/2020 — Total visits: 63,710 — Last 24 hours: 37 — On-line: 0
Pular para a barra de ferramentas