Paulo VI, na “Populorum progressio” (26.03.1967), destacou as “aspirações” (direitos naturais) históricas atuais: “ser libertos [libertação] da miséria”, “subsistência” com “segurança”, “saúde”, “emprego estável”, “maior participação”, exclusão de “qualquer opressão”, erradicar “situações que ofendam” a “dignidade” humana.

Completar “a independência nacional” dos “povos”, a “liberdade política”, com “um crescimento autônomo e digno, tanto social como econômico”, para garantir às pessoas um “pleno desenvolvimento humano”.

Comentários estão fechados.

— Updated: 13/02/2020 — Total visits: 63,710 — Last 24 hours: 37 — On-line: 0
Pular para a barra de ferramentas