Poucos presidentes da República foram maçons

Dos autores maçons, gosto de José Castellani, pela correção histórica de seus textos. Vejamos como ele refuta mentiras de autores maçonicos, como A. Tenório Cavalcanti de Albuquerque, que não primavam pela correção histórica. Castellani ensina:

Autores, existem, que relacionam, entre esses maçons, os presidentes Rodrigues Alves, Café Filho e até Juscelino Kubitscheck, que jamais foram iniciados. Os dois primeiros inclusive, constam de lista divulgada por A.Tenório Cavalcanti de Albuquerque , na qual faltam muitos nomes de verdadeiros maçons.

Depois, Castellani lista os presidentes que foram maçons: Deodoro, Floriano da Fonseca, Prudente de Moraes, Campos Salles, Nilo Peçanha, Hermes da Fonseca, Wenceslau Brás, Delfim Moreira, Washington Luís, Nereu Ramos e Jânio Quadros.  Ou seja, de 1889 a 1902, depois de 1909 a 1918, voltando a 1919, depois de 1926 a 1930, mais tarde, 1955 e 1961. E só. Grandes Presidentes como Rodrigues Alves, Epitácio Pessoa, Arthur Bernardes, Getúlio, Juscelino ou Jango não foram maçons. 

Comentários estão fechados.

— Updated: 13/02/2020 — Total visits: 63,654 — Last 24 hours: 25 — On-line: 1
Pular para a barra de ferramentas