O platonismo é democrático, popular, pro socialismo

O platonismo foi uma corrente democrática. O “Dicionário de filosofia de Cambridge” (São Paulo, Ed. Paulus, 2006, p.727), no verbete sobre “Platão”, resume bem a teoria política dos últimos textos de Platão: “a soberania da lei em tal Estado [no Estado ideal de Platão, exposto no livro “Leis”, sua última obra] é continuamente sublinhada. Os cargos políticos devem ser preenchidos por meio de eleições e sorteios, e os magistrados estão sujeitos a cuidadosas investigações e processos. O poder divide-se entre diversos conselhos e funções. A educação filosófica não é um pré-requisito para a participação política”. Depois, o “Dicionário” acrescenta: “é notável que Platão” “tenha dedicado tanta energia para a” “participação popular”, “em sua obra final”. O livro “Leis”, de Platão, foi a base do livro “Política”, de Aristóteles e são obras democráticas.

Comentários estão fechados.

— Updated: 13/02/2020 — Total visits: 63,708 — Last 24 hours: 35 — On-line: 1
Pular para a barra de ferramentas